04 julho 2010

Lições da Copa (e cozinha)

Toda perda é um aprendizado. E copa do mundo não é diferente - digo copa do mundo de futebol, pois há copa de basquete, vôlei, natação, atletismo, entre outros. Mas a seleção do anão mais antipático ensinou-nos que:
  1. Todos os jogadores dessa seleção eram uns bostas, não tinha um cara que botasse pra quebrar diante dos adversários. Faltou paixão. Faltou tesão pela pátria.
  2. Não chame, jamais, para qualquer competição esportiva, o Mick Jagger. OK, amo Stones, mas se assim o fizer, compre pelo menos 3 pares de meias para o pé do garoto.
Culpa da Luciana Gimenez e seu twiiiiiiiiiiiittêêêêêêêêêêêêêêêêêêr!!!

Um comentário:

Frank disse...

É como eu te falei... sempre tem alguém pra levar a culpa...no começo era o Zidane que tava secando. Sobrou pro Jagger. Mas na verdade, acredito que mesmo sendo brasileiros, uma generosa fatia brasuca torcia pro Dunga se dar mal. Ainda mais que a festa em 2014 tá (sei_não) garantida!?!