18 fevereiro 2008

PRA ENCERRAR QUALQUER DÚVIDA.

Fui instalar o Hellgate: London em casa e não consegui devido a uma loucura no meu Windows. Vou precisar formatar e isso me levou a imaginar como seria bom fazer o backup todo de uma vez só num hd portátil, por exemplo, mas eles continuam meio caros. Até o dvd dual layer está com preço abusivo. Eu deveria ter pedido pra tia Tutu me trazer um tubo de dual layer da Itália. Lá, cada um custa € 1,0. Aqui, convertendo do Real, estão custando mais de € 4,0. E por falar em maior espaço de armazenamento... Executar o seu dvd numa tv analógica era um salto de qualidade enorme em relação ao maldito vhs. Mas com a chegada das tv’s de Plasma e LCD, que já custavam os olhos da cara e hoje qualquer carnê das Casas Bahia dão jeitinho, Os dvd’s ficaram limitados demais em termos de qualidade de imagem e som para a capacidade dessas fininhas. Então fez-se necessário uma mídia com maior “espaço”. E como derrubar o tão popular e tão pirateável dvd? Em 2002, um grande consórcio de empresas (Apple, Dell, Hitachi, HP, JVC, LG, Mitsubishi, Panasonic, Pioneer, Philips, Sansung, Sharp, Sony, TDK e Thomson) apresentou o Blue-Ray, mas esse só engrenou depois que a Sony o incluiu no Ps3. Sem falar no apoio de grandes estúdios de cinema como, Paramount e Warner.
Outro grupo de empresas promoveu o HD DVD (Toshiba, NEC, Sanyo, Microsoft, HP e Intel) além dos grandes estúdios de Hollywood. Dentre eles, a Universal é a única a apoiar exclusivamente o HD DVD. Entre todas as características dessas possíveis sucessoras do dvd eu destaco as seguintes: Capacidade: Blue-Ray é de 25Gb (50 Gb para os de camada dupla de leitura), enquanto o HD DVD tem 15 GB (30 Gb para os de camada dupla de leitura). A camada de proteção do Blue-Ray é de 0,1 mm, o que o torna muito frágil, contra 0,6 mm do HD DVD, mesma camada dos DVD’s. O HD DVD tem menor custo de fabricação e, portanto, é mais acessível ao consumidor final. Mas o fator que vai determinar o vencedor é o danado do Copyright, pois o Blue-Ray é mais difícil de piratear.
Por enquanto eu vou fazendo os meus back up's em trocentos dvd's mesmo. Mas que eu vou jogar Hgl, isso eu vou!!!

Um comentário:

Alvaro Sasaki disse...

Para o preço de GB/US$, ainda está caro a mídia até nos states, mas daqui a pouco baixa...
E bem, pirateável ou não, é questão de tempo para lançarem um player suportando h264 sem assinatura e a pirateagem vai rolar solta... Porque não precisa ser a cópia exata, mas considerando os rips em HD que andam sendo lançados por aí... Não devem nada.
E um Gravador já está por menos de US$500... Só esperar mais 6 meses...