23 julho 2006

RIP 89 Fm - a rádio rock

Tenho um post que eu tinha escrito no meu pc e, não sei bem por que, eu não publiquei. Já faz algum tempo que eu o escrevi, mas ele continua muito atual. Olha só: Quem mora em São Paulo e tem o costume de escutar rádio, e curte rock and roll, percebeu algo há algum tempo: algumas rádios da frequência FM estão com sua programação toda modificada, e muitos programas foram simplesmente limados do dial, sem maiores explicações. Explico melhor: o grupo Bandeirantes comprou, de uma vez só, 89 fm, Nativa e Brasil 2000. Qualquer programas voltado para um público específico - leia-se heavy metal, hardcore, reggae, ska - foram banidos de sua programação, ficando somente o mais rentável. Putz, será que teremos que ouvir, muito em breve, rádios via Internet? Acho que a melhor alternativa para a escravizadora TV está com os dias contado$.

Pior mesmo foi o que aconteceu com a 89 fm. Todos os programas foram terminados, excluídos, acabaram assim, do dia para a noite, sem maiores explicações. Teve gente que foi sumariamente despedida logo após que o programa terminou, sem maiores explicações. Pô, pra uma rádio que criticava rádios como a Transamérica e a Jovem Panporque ela tocava os sons do mommento sem critério nenhum, é uma pena, pois a 89, que até eliminou "A Rádio Rock" do seu slogan, tornou-se mais uma entre tantas outras. Ok, ainda passa um pouco de rock, mas dá pena só de pensar que tão passando tudo quanto o que é tipo de som sem critério algum - não sou contra rádios como a MIx daqui de sampa que toda diversos tipos de som, como rock,pop, black, devo dizer - mas para alguém que construiu durante anos uma reputação bacana, que chegou a ter, numa determinada época, revistas, coletâneas em CD´s, até roupas no estilo streetwear, e que nos últimos tempos estava muito atuante no quesito shows, trouxe e divulgou shows de gente como Pearl Jam, Dio, Claro que é Rock, U2, Ramones, Misfits, Sodom, O rappa, enfim, artistas e bandas nacionais e estrangeiras. É uma pena, pois era a única rádio, a única que divulgava o som de novas bandas sem esquecer dos sons clássicos e de outrora. E tinha bons programas: Rock in Midia, Dobalacobaco, hora dos perdidos, 89 e noize... é uma pena, realmente ficamos órfãos.

Tá bom, temos outras duas rádios rock aqui em sampa: A Brasil 2000 e a Kiss Fm. A Kiss Fm toca sons antigos, o que é até bom, porém, vc só vai encontrar o que foi sucesso comercial um dia, então, esqueça coisas relacionada a blues, reggae, hardcore, heavy metal, enfim, o leque é mais específico. Já a Brasil 2000, mesmo depois de sua reformulação, ainda tá bacana, pois rola tudo o que é relaciionado a rock sem muito jabá. Acho que agora vou ter que apelar pra net pra saber o que tá rolando de novo.

Vou terminar esse post do mesmo jeito de um programa que me fez muita companhia nesses anos todos e um dos meus prediletos, o DoBalacobaco: Zé Luiz lhesdiz, tchau!

4 comentários:

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

Anônimo disse...

Really amazing! Useful information. All the best.
»